HOMENS QUE TEM OS DEDOS (DA MÃO DIREITA) COM O ANELAR MAIOR QUE O INDICADOR SÃO MACHÕES.

Uma relação entre os tamanho dos dedos poderiam indicar o risco de se ter câncer de próstata. 
Segundo um estudo da publicação "British Journal of Cancer". 
Após comparar as mãos de cerca de 1.500 pacientes com essa doença e ainda verificar as mãos de aproximadamente 3 mil homens sem a doença na próstata, os pesquisadores se convenceram que aqueles homens cujos dedos anulares (4d) são maiores que os indicadores (2d) têm mais probabilidade de desenvolver câncer de próstata.

Outras pesquisas semelhantes indicam que esses mesmos homens são mais machões e menos propensos a homosexualidade.  E ainda os preferidos pelas mulheres, que mesmo sem saber do detalhe do comprimento dos dedos.  Nas pesquisas foram identificados como mais atraentes e bonitos.

Em ambas as pesquisas existe um nítida relação dos tamanhos dos dedos com uma maior quantidade de testosterona na gravidez, após nascimento e vida adulta.

Resumindo...  HOMENS QUE TEM OS DEDOS (DA MÃO DIREITA) COM O ANELAR MAIOR QUE O INDICADOR SÃO MACHÕES.



ENTER >>CLIQUE NA IMAGEM (CLICK IN PIC)


Digitaliza a tua impressão digital >>>CLIQUE AQUI
Divulgação Científica
Reconhecimento digital
11/12/2006 Revista Pesquisa FAPESP - Controlar a entrada e a saída de funcionários na empresa, acessar caixas eletrônicos de bancos e proteger o computador doméstico ou profissional contra olhares indiscretos são algumas das aplicações de um software de reconhecimento de impressões digitais desenvolvido pela empresa Griaule, de Campinas, que já conquistou clientes nos Estados Unidos, México, Chile, Venezuela e Israel.
Recentemente a tecnologia da empresa para a emissão de passaportes foi comprada pela Costa Rica, por meio da empresa francesa Oberthur, que produz esse tipo de documento para 80 países. Este ano a tecnologia da Griaule foi incorporada às 25 mil urnas eletrônicas com leitores de impressão digital entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela Procomp, uma das empresas parceiras, previstas para serem utilizadas nas próximas eleições.
O programa foi considerado o oitavo melhor do mundo em um teste de grande escala – 1 bilhão de comparações de impressões digitais – realizado em 2003 pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (Nist, na sigla em inglês), nos Estados Unidos. Uma posição invejável para uma pequena empresa que disputou com gigantes do setor como Motorola e NEC.

LEIA MAIS ... CLIQUE AQUI